Monthly Archives: September 2013

Arrependimento, viagem no tempo, contra-factualidade e multiverso

“Arrependimento faz sentido?” Essa foi a pergunta que brotou na minha cabeça lá pelas 4:00. Na verdade, essa foi a pergunta final. A primeira pergunta foi: “Existe algo como arrependimento de verdade?”

E por que arrependimento pareceu algo sem sentido para a minha mente que acabara de acordar do nada as quatro da manhã? Talvez porque eu ainda estava bêbado de sono e não conseguia pensar direito? Talvez eu ainda estivesse na terra dos sonhos, onde coisas não fazem sentido e lógica não é uma necessidade? Ou será que é porque arrependimento realmente não faça sentido?

Facepalm statue regrets having seeing what he did

Um pouco de todos, eu diria. Mas para continuar com essa digressão, um pouco de pesquisa foi necessário e uma pesquisa eu fiz. Para início de conversa, o que exatamente é “arrepender”?
Continue reading

Skydiving com guarda-chuva e outros pensamentos

Eu imagino que todo mundo, pelo menos uma vez na vida, pensaram sobre como seria pular de um prédio usando um guarda-chuva como paraquedas. Eu certamente pensei sobre isso mais de uma vez. Eu lembro que alguém me contou que quando era criança, ela pegou um boneco que tinha e amarrou um paraquedas feito de saco plástico e jogou pela janela. Infelizmente o boneco foi levado pelo vento e perdido, mas a idéia de reduzir a velocidade da queda livre é uma daquelas idéias que todo mundo já teve em algum momento mas que acaba sendo esquecida ao longo do tempo, conforme outras preocupações e idéias começam a se formar com o passar do tempo.

umbrella-skydive
Continue reading

IA, computadores e nossa visão de vida – 2ª Digressão

Humanos vs Computadores - Cérebros vs IAEu li essa tira semana passada e me perguntei: “O que tem demais nisso?”
Máquinas superando humanos, o que isso significa e por que isso importa?
Pra começar, eu acho que isso é algo único na história da Terra. Isso porque seria, provavelmente, o primeiro caso onde a criatura supera o criador. (Não, eu não vou começar uma discussão sobre Deus e humanos e quem criou quem e na possibilidade dos humanos terem superado Deus caso ele tenha mesmo nos criado. Pelo menos não agora. E eu provavelmente vou transcrever uma digressão sobre eu não ter usado letra maiúscula no pronome pessoal que se refere à Deus.)

Certo, mas o que uma máquina pode fazer? Um monte de coisas, certo? Sim, mas o que elas podem fazer por conta própria? Apenas o que os humanos mandarem elas fazerem. Então qual o problema de criarmos márquinas que são melhores do que os humanos em jogar xadrez, go ou mesmo jeopardy? Até mesmo uma simples calculadora faz contas melhor do que a maioria dos humanos e eu não vejos pessoas reclamando ou realmente preocupadas com isso….

Mas Continue reading

Estimativa, Lua e a potência de 10 – 1ª Digressão

Alguns meses atrás eu assisti à esse vídeo do Veritassium onde o Derek pediu para as pessoas dizerem aonde elas achavam que a Lua (bola de tênis) estava em relação à Terra (bola de basquete), considerando a escala.
Todos (exceto uma pessoa) colocaram a Lua muito mais perto do que ela realmente está.

Foi só depois de alguns dias que eu me vi pensando:
“Será que eu saberia fazer essa estimativa?
E se a Terra fosse de outro tamanho?
E mais importante, qual a distância entre a Terra e a Lua?”
Continue reading

Bem vindo ao DEML!

Bem vindo ao post inicial obrigatório para praticamente todos os blogs novos! Este é o Digressão Eterna de uma Mente com Lembranças (DEML), um site onde você poderá ler as digressões, interesses e qualquer outra coisa que a mente singular de quem vos digita pensar.

Se você quiser saber um pouco mais sobre a mente por detrás deste site, visite a página “Sobre“.

Ademais, se divirta com o site.